top of page
  • Foto do escritorSatre Seguros

Aumento de acidentes no trabalho reforça importância do seguro


Segundo o Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, em 2022 aconteceram 612,9 mil acidentes de trabalho e 2.538 pessoas perderam a vida enquanto exerciam suas funções


EXCLUSIVO – No mês de abril, mais especificamente no dia 28, é celebrado o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho e o Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho. Segundo o Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, em 2022 aconteceram 612,9 mil acidentes de trabalho e 2.538 pessoas perderam a vida enquanto exerciam suas funções, um aumento de 7% em relação a 2021.

Anualmente, segundo estimativas globais da Organização Internacional do Trabalho, a economia perde cerca de 4% do PIB (Produto Interno Bruto) em razão desses acidentes e outras doenças. De acordo com informações mais recentes do Observatório sobre a despesa gerada com esse problema, em 2021, os gastos previdenciários com aposentadoria por invalidez foram de R$ 70,6 bilhões e de auxílio-doença R$ 17,7 bilhões.

Dados como estes demonstram a importância dos trabalhadores estarem protegidos, e o Seguro para Acidentes Pessoais pode ser um bom aliado caso algum imprevisto aconteça. O produto oferece indenização a funcionários em caso de invalidez, reembolso de despesas médicas e diárias de internação. “É importante frisar que, quando falamos em um Seguro de Acidentes Pessoais Individual, abordamos a proteção em dois sentidos, ou seja, a proteção tanto no próprio local de trabalho quanto no deslocamento para o trabalho, pois os acidentes também podem acontecer na rua. Falar sobre essa cobertura é ir além dos acidentes que podem ocorrer no ambiente de trabalho”, diz David Beatham, diretor executivo de Automóvel, Massificados e Vida da Allianz Seguros.

A grande vantagem desse seguro é o seu custo-benefício, por conta das diversas assistências extras e da possibilidade de receber a importância segurada ainda em vida, em caso de invalidez. “Isso garante tranquilidade e segurança ao beneficiário e/ou sua família, que pode contar com um apoio financeiro em casos de imprevistos e momentos delicados” afirma a executiva. A empresa passou a ofertar o produto em janeiro de 2022, oferecendo proteção em caso de acidentes, lesões e invalidez total ou parcial com planos a partir de R$ 10,00/mês.

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio, divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Brasil tem hoje mais de 25,7 milhões de trabalhadores autônomos. Rodrigo Borges, superintendente Comercial e de Produtos Vida, Previdência e Ramos Elementares da Seguros Unimed, ressalta que esses profissionais não estão amparados pelo regime CLT, e por isso devem contratar um Seguro de Acidentes Pessoais para qualquer imprevisto que venha os afastar de suas atividades. “Ter uma reserva financeira é fundamental, e uma forma alternativa de dispor desses recursos é contratando esse produto”.

Para as empresas e seguradoras evitarem acidentes no local de trabalho, é preciso investir em uma comunicação transparente. “É importante orientar e alertar o colaborador para seguir as normas de segurança da empresa e utilizar os equipamentos de proteção, quando for o caso. É fundamental também falar sobre os cuidados para prevenir acidentes, quais são os mais comuns e porque eles acontecem, e neste quesito as seguradoras desempenham um papel social muito importante, contando com o know-how necessário para ajudar na conscientização da sociedade”.

A maior divulgação dos números do mercado segurador, em relação à quantidade de sinistros e volume de indenizações, pode ser uma forma de demonstrar para as pessoas a importância e necessidade desta proteção. “Os acidentes acontecem diariamente, e as indenizações decorrentes do seguro são uma forma de minimizar seus efeitos, principalmente financeiramente, mas acabam sendo um suporte emocional também. A pandemia acabou sendo um bom exemplo disso, já que muitas pessoas e empresas entenderam a importância de estarem amparadas pelo seguro”.

4 visualizações0 comentário
bottom of page